Remédios Caseiros 2: pomada para ajudar a aliviar dores

pomada-de-gengibre-caiena

Esta pomada ajuda a aliviar dores nas articulações e nos músculos.

PIMENTA-DE-CAIENA

Os principais ingredientes activos são os capsaicinóides, particularmente a capsaicina, que quando aplicada sobre a pele é um analgésico eficaz (1).

GENGIBRE

As propriedades anti-inflamatórias e analgésicas do gengibre podem ajudar a aliviar dores musculares e as dores crónicas associadas à artrite.

AÇAFRÃO-DA-ÍNDIA (curcuma)

Tem sido utilizada há milhares de anos na medicina indiana e chinesa. A curcumina é o seu principal componente activo que actua como agente anti-inflamatório (1).

Receita

Estes ingredientes por si só já tornam a pomada eficaz mas poderá também adicionar óleos essenciais, como por exemplo, o óleo essencial de gaultéria…

Procedimento

  • Colocar o azeite e as especiarias num recipiente e levar ao lume (brando) em banho-maria durante 30 a 60 minutos.
  • Retirar do lume e coar com um saco ou coador de pano. Espremer bem.
  • Colocar o óleo infuso e a cera de abelha num recipiente e levar ao lume em banho-maria para derreter a cera. Retirar do calor quando a cera de abelha estiver completamente derretida. Se quiser adicionar óleos essenciais, faça-o nesta fase.
  • Deitar a mistura em boiões de vidro.

Como utilizar

Fazer uma massagem com uma pequena quantidade desta pomada nos músculos ou articulações doridos. Se utilizar esta pomada para dores crónicas/artrite, recomenda-se a utilização diária (pode levar uma a duas semanas até começar a ver resultados).

Precauções

  • Não utilizar internamente.
  • Não aplicar a pomada em feridas ou cortes abertos.
  • Não utilizar esta pomada se estiver grávida ou a amamentar.
  • Manter afastado das crianças
  • Evitar contacto com os olhos e mucosas
  • Lavar muito bem as mãos depois de utilizar esta pomada, ou utilizar luvas durante a aplicação
  • Experimentar previamente a pomada numa área pequena se não provocar desconforto prolongado, aumente a área de aplicação.
  • Se utilizar esta pomada nas mãos, evitar tocar nos olhos e no nariz, deixar a pomada actuar durante alguns minutos e depois lavar muito bem as mãos.

 Nota: Esta informação destina-se a fins educacionais e não substitui, de forma alguma, aconselhamento com um profissional de saúde.

Fontes consultadas:

(1) Selecções do Reader’s Digest. O poder curativo das vitaminas e dos minerais

Receita retirada do site da Herbal Academy of New England (pode consultar aqui)

Créditos imagem – Zsuzsanna Kilian

Propriedades e benefícios da Curcuma*

saiba-mais-curcuma

Curcuma, Açafrão-da-Índia, Açafrão-da-terra, turmérico ou gengibre amarelo (são vários os nomes pelo qual é conhecido) é um poderoso antioxidante e anti-inflamatório.

 O que é Curcuma?

É um rizoma ou caule subterrâneo de uma planta herbácea nativa da Ásia (principalmente da Índia e Indonésia) e é da família das zingiberáceas (Curcuma longa L.) tal como o gengibre e o cardomomo. Apesar de ser um caule, normalmente é chamado de raiz de curcuma. Pode ser encontrada fresca ou em pó, normalmente usada para temperar os alimentos. Ela pode ter várias cores, mas a mais comum é o amarelo ou laranja. Quanto mais forte a cor, mais sabor e propriedades nutricionais tem.

 Propriedades e benefícios

É rica num fitonutriente a curcumina que confere a cor amarela, o sabor picante e que fornece todos os seus benefícios terapêuticos. Segundo a Medicina Ayurvédica a cor amarela está ligada chakra do plexo solar (que simboliza o metabolismo e a digestão). Segundo a Medicina Chinesa tem a capacidade de fazer mover o Qi (energia) o que ajuda em casos de dores (abdominais e digestivas) que muitas vezes estão ligadas à estagnação.

  • Indicada para problemas digestivos e gastrointestinais como a azia, enfartamento, inchaço e flatulência
  • Beneficia o pâncreas a produzir enzimas digestivas
  • É um anti-inflamatório natural: pois tem a capacidade de reduzir os níveis de histamina
  • Rica em antioxidantes
  • Tem propriedades anti-bacterianas
  • E ajuda a fortalecer o sistema imunitário (por isso deve ser consumida em épocas frias como o inverno)
  • Entre outros..

 Não é recomendado o seu consumo:

  • Pessoas com cálculos biliares (pois estimula o fígado)
  • Pessoas com doenças de fígado
  • Mulheres grávidas ou em amamentação
  • Pessoas com distúrbios na coagulação do sangue (pois estimula a fluidificação do mesmo)

* Este artigo foi escrito pela Vânia Ribeiro, autora do Blog Made By Choices. Poderão consultar o artigo completo aqui

Créditos Fotografia: Vânia Ribeiro