Produtos de Higiene Íntima: perigos e alternativas mais saudáveis

Muitos produtos de higiene feminina são produzidos com fibras sintéticas, polímeros super-absorventes, perfumes e outros ingredientes potencialmente nocivos e irritantes. Mesmo o algodão convencional pode ser prejudicial uma vez que “é um dos produtos agrícolas em cuja produção são usadas enormes quantidades de pesticidas e outros agrotóxicos. Estas substâncias estão presentes nos tampões” e nos pensos higiénicos e “podem ser absorvidas pela mucosa vaginal de forma cumulativa” (leiam mais sobre este artigo da esmeralda azul aqui).

Os tampões podem conter pelo menos duas substâncias nocivas à saúde: a dioxina e a viscose. A dioxina é uma substância química resultante do processo de branqueamento e que pode causar problemas graves às mulheres, uma vez que está associada ao risco de cancro, é tóxica para o sistema reprodutor e está também associada à endometriose e a alterações do sistema imunitário. A viscose ou rayon é uma fibra sintética altamente absorvente e quando deixada no interior da vagina (caso os tampões não tenham véu de segurança) pode favorecer o aparecimento de TSS (Síndrome do Choque Tóxico).

O algodão biológico, também conhecido em alguns países como algodão orgânico, é aquele que foi cultivado sem recurso a pesticidas ou fertilizantes químicos, por isso é mais saudável e tem menos impacto sobre o meio ambiente. Desta forma, os produtos de higiene íntima em algodão biológico são uma boa opção para quem pretende alternativas mais saudáveis e amigas do ambiente.

masmi_circulobio

O copo menstrual é um produto inovador e ecológico para a higiene íntima feminina. Trata-se de um copo de silicone para utilizar (e reutilizar) durante o período menstrual. A sua utilização tem benefícios ao nível da saúde, ambiente e económicos:

  • o silicone é hipoalergénico e aprovado pela FDA, não contém latex, químicos, gel absorvente ou agentes branqueadores;
  • ecológico e económico (com a devida manutenção pode ser utilizado durante anos – poupamos dinheiro e o ambiente);
  • conveniente e confortável (quando inserido correctamente pode manter-se entre 8-12 horas).

lunette

Junho é mês de campanha “Conquistada ou Reembolsada”! Na compra do copo menstrual Lunette, tem 90 dias para o experimentar. Se não ficar totalmente satisfeita, devolvemos o seu dinheiro.

Férias de verão: o que levar?

ferias_oquelevar

Óleo essencial e difusor: o óleo essencial citronela é óptimo para repelir insectos (mais sugestões de óleos essenciais aqui). Adicionem algumas gotas ao vosso difusor. O puglia é pequeno e prático, ideal para levar consigo.

Chás e Infusões: A marca Pukka oferece uma selecção original de chás e infusões biológicas para diferentes momentos e estados de espírito. Cada uma destas misturas tem um sabor natural delicioso e aproveita o potencial das plantas biológicas para promover a saúde e o bem-estar. Quer necessite de mais energia, de relaxar ou queira simplesmente deliciar-se, a intenção da Pukka é criar a chávena de chá perfeita para si.

Read More »

Diferentes utilizações dos Sais de Epsom

untitled-design-1

Os sais de Epsom ou sulfato de magnésio foram encontrados, pela primeira vez, em Epsom no Reino-Unido, em águas minerais, no século XVII. O magnésio desempenha um papel muito importante no organismo: influencia a produção de energia, o funcionamento dos nervos e o relaxamento dos músculos.

Efeitos benéficos dos sais de Epsom

– Estimulam os processos de desintoxicação do organismo;
– Aceleram a capacidade de regeneração da pele;
– Aliviam a tensão muscular, cãibras, dor, inflamação e rigidez das articulações;
– Relaxam e ajudam a aliviar o stress;
– Ajudam a melhorar a qualidade do sono;
– Contribuem para aumentar a energia e a resistência do organismo;
– Ajudam o organismo a recuperar mais rapidamente depois de um esforço intenso.

Como utilizar | Beleza

Para aumentar o volume do cabelo: misturar em partes iguais amaciador e sais de epsom. Aplicar no cabelo. Deixar actuar cerca de 20 minutos, enxaguar.

Pedicure: adicionar 1/2 chávena de sais de epsom a uma bacia com água quente; mergulhar os pés por alguns minutos (10-15) para suavizar a pele; cortar e limar as unhas; para esfoliar a pele pode massajá-la com uma mão cheia de sais de epsom; se tiver tempo mergulhe novamente os pés numa bacia com água e sais de epsom para remover as células mortas (5 minutos); secar bem e aplicar um bálsamo.

Limpeza facial: misturar 1/2 colher de chá de sais de epsom com um creme de limpeza para uma limpeza profunda. Aplicar com uma massagem, enxaguar com água fria e secar.

Tratamento SPA – Esfoliante: para remover as células mortas e suavizar a pele: depois do duche, com uma mão cheia de sais de epsom massajar a pele molhada com movimentos circulares (se preferir pode misturar os sais com óleo vegetal).

Como utilizar |Saúde & Bem-estar

CompressasPara aliviar a tensão, as dores musculares e as articulações doridas: adicionar os sais de Epsom a água fria (2 colheres de sopa por chávena), humedecer um pedaço de tecido nessa água, retirá-lo, escorrer um pouco, aplicar na área afectada, deixar actuar durante alguns minutos.

Banhospara relaxar: ideal para fazer à noite, antes de ir dormir – adicionar 1 chávena de sais de Epsom à água do banho (quente). Permanecer no banho cerca de 20 minutos. Para aliviar dores musculares: adicionar 2 chávenas de sais de Epsom à água do banho. Permanecer no banho por alguns minutos (mínimo 12) e massajar o corpo. Após o banho aplicar um bálsamo ou óleo de massagem (escolher óleos essenciais indicados para problemas musculares como por exemplo o de gaultéria).

Banho de pés: para pés doridos e cansados: juntar 2 punhados de sal de Epsom a uma bacia com água quente. Deixar repousar os pés por alguns minutos. Secar e aplicar um bálsamo ou óleo.

Como utilizar | Jardinagem 

Fertilizante: para promover o crescimento das plantas: encher um frasco vaporizador com um litro e meio de água e juntar uma colher de sopa de sal de Epsom. Vaporizar as plantas com esta água.


Nota: Esta informação destina-se a fins educacionais e não substitui, de forma alguma, aconselhamento com um profissional de saúde.

Fontes:
http://www.epsomsaltcouncil.org/
http://www.bolsademulher.com/medicina-alternativa/1319/utilizacao-medicinal-do-sal-epsom