Os benefícios do Milefólio

milefolio_circulobio

Propriedades (1): antiespasmódico, adstringente, tónico amargo, estimula a sudação, faz baixar a tensão arterial, faz baixar a febre, diurético e anti-séptico urinário de acção suave, anti-inflamatório

Milefólio (Achillea millefolium): a sua acção diaforética e anti-inflamatória torna-o ideal para combater constipações e gripes antes de evoluírem (2;4). Ajuda a regular o ciclo menstrual, alivia dores menstruais e melhora a circulação venosa (1).

As suas propriedades como tónico digestivo tornam-no útil no tratamento de digestão difícil (infusão). Misturando-o com camomila e hortelã-pimenta obtém-se um chá recomendado para problemas gastrointestinais e da vesícula (2).

Escoriações – cataplasma de milefólio – ferva a planta em lume brando – quantidade suficiente para cobrir a área afectada – durante 2 minutos; esprema-a, friccione a área afectada com um pouco de óleo vegetal e aplique-a enquanto quente; cubra a planta com uma ligadura (1).

Limpeza de feridas ligeiras – Decoccção de milefólio (1).

Dores reumáticas; cólicas menstruais; cólicas renais: numa panela com água a ferver, coloque uma peneira, de modo que a mesma não toque na água e sobre a peneira um pano, espalhe a planta e abafe. Espere que o vapor da água quente amorne o pano e a planta. Ainda morno, aplique o pano com a planta nas áreas afectadas, cubra com outro pano e deixe agir por 15 minutos, 3 vezes ao dia (3).

Remédio para as constipações: misture partes iguais de milefólio, hortelã-pimenta e flor de sabugueiro. Ponha de infusão 1 colher de chá numa chávena com água acabada de ferver e deixe repousar durante 10 minutos (1).

Precauções: Não tome durante a gravidez; pode causar reacção alérgica em casos raros (1). Aconselhe-se com o seu médico antes de utilizar plantas medicinais se tomar alguma medicação ou se tiver algum problema de saúde;

Bibliografia

(1) Andrew Chevallier, 1996, Enciclopédia de plantas medicinais, Selecções do Reader’s Digest.

(2) Frank J. Lipp, 1997, O simbolismo das plantas, Círculo de Leitores.

(3) Sylvio Panizza, 1997, Plantas que curam, IBRASA.

(4) Vicki Pitman, 1996, Fitoterapia: as plantas medicinais e a saúde, Editorial Estampa.

Fotografia: Elisabete Costa, produtora das infusões e misturas Bela Luz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s