Os benefícios do Gengibre

O gengibre (zinziber officinalis) ajuda a aliviar problemas digestivos como indigestão, náusea, flatulência e alivia o enjoo do movimento e o enjoo matinal. Esta planta estimula a circulação e tem um efeito térmico e calmante em casos de tosse, constipação e gripe (Andrew Chevallier).

Propriedades

Estimulante circulatório, anti-inflamatório, anti-séptico, antiemético, inibidor da tosse

Sugestões de Utilização

Pode-se acrescentar uma única gota do óleo essencial de gengibre a uma mistura a ser utilizada em massagens nos casos de artrite, reumatismo, dores musculares e fadiga (Patricia Davis).

Para dores artríticas, dilua 3 gotas em  15 ml de um óleo base e aplique (A. Chevallier).

Pode preparar uma infusão, cortando lascas bem finas da raiz de gengibre (6 por cada chávena) e fervê-las em lume brando por aproximadamente 10 minutos. Esta infusão ajuda a aliviar constipações, gripes, cólicas (digestivas ou de origem menstrual) e náuseas. Pode ainda utilizar a infusão para gargarejos nos casos de inflamação da garganta. Um método alternativo consiste em acrescentar 2 gotas de óleo essencial de gengibre a uma colher de chá de vodka e diluir a mistura em água quente (Patricia Davis) e gargarejar.

Se adicionar uma pequena quantidade de mel transforma a infusão numa reconfortante bebida de inverno, utilizada na medicina tradicional chinesa como um preventivo contra os problemas típicos dessa estação (Patricia Davis).

Compressas de gengibre, úteis em casos de nevralgia, inflamação das articulações (e dor), rigidez, problemas musculares, bronquite, etc. (Michio Kushi) e também em casos de má circulação (Fernanda Botelho)

Compressa gengibre

Na nossa loja online poderá encontrar gengibre em:

Bibliografia consultada:

Botelho, Fernanda (2013). As plantas e a saúde: guia prático de remédios caseiros. Lisboa: Dinalivro.

Chevallier, Andrew (1996). Enciclopédia de plantas medicinais: guia prático demais de 550 plantas medicinais e respectivas aplicações. Selecções do reader´s digest.

Davis, Patricia (1996). Aromaterapia. São Paulo: Martins Fontes.

ilustração retirada de:

Kushi, Michio (1979). S.O.S. macrobiótico (curas naturais).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s